Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias da CAMEX > Deliberações da 116ª Reunião do Conselho de Ministros da CAMEX
Início do conteúdo da página

Deliberações da 116ª Reunião do Conselho de Ministros da CAMEX

116ª Reunião do Conselho de Ministros da CAMEX

25/04/2018

14h00

 DELIBERAÇÕES

 

1. Aprovação de Ata da 115ª Reunião do Conselho de Ministros da CAMEX, realizada em 07/02/2018.

Aprovada a ata da 115ª reunião do Conselho de Ministros da CAMEX.

2.1. Apoio oficial à exportação de trens para Argentina: 

O Conselho de Ministros aprovou a flexibilização do spread de equalização a ser concedido por meio do Programa de Financiamento às Exportações - Proex para as exportações de trens para a Argentina.

2.2.  Revogação da obrigatoriedade de curso no CCR para operações cobertas pelo FGE e destinadas a importadores públicos: 

O Conselho de Ministros revogou a obrigatoriedade de curso no Convênio de Pagamentos e Créditos Recíprocos (CCR) para a concessão do Seguro de Crédito à Exportação em operações destinadas ao setor público dos países participantes desse Convênio.

2.3. Alterações no Seguro de Crédito à Exportação para MPMEs e Aprovação de Resolução CAMEX: 

Foram aprovadas as seguintes alterações no Seguro de Crédito à Exportação:

  • Nova metodologia de precificação do prêmio;
  • Reset e calibragem do prêmio;
  • Separação das fases pré e pós-embarque;
  • Novos limites de enquadramento para MPME;
  • Nova dinâmica de cobrança de relatórios, que será alvo de análise de Grupo Técnico;
  • Ajuste dos percentuais de cobertura de riscos;
  • Cobertura do Fundo de Garantia à Exportação para a carteira de recebíveis de MPME de bancos comerciais;
  • Estabelecimento de pagamento à vista (downpayment) de 15% ou exigência de aceite nos títulos representativos na operação.

Ressalta-se que as mudanças no Seguro de Crédito à Exportação para micro, pequenas e médias empresas (MPME) serão revistas após o decurso de seis meses.

2.4.  Relatório de Gestão do Fundo de Garantia à Exportação (FGE) de 2017: 

Aprovado o Relatório de Gestão do Fundo de Garantia à Exportação - FGE referente ao exercício de 2017.

2.5. Indicação de representantes dos Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e da Indústria, Comércio Exterior e Serviços no Cofig​: 

Aprovadas as indicações dos representantes suplentes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o Senhor Rodrigo Alex Goessel da Matta, e do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, o Senhor Daniel Anselmo Marechal.

2.6. Seguro de Crédito à Exportação - Cobertura do Risco de Fabricação:

Aprovada a Nota Técnica Atuarial para Precificação do Risco de Fabricação, que possibilita a cobertura do risco de fabricação pelo Seguro de Crédito à Exportação – SCE.

3. Lançamento de negociações de Acordo de Livre Comércio Brasil-Chile

O Conselho de Ministros aprovou mandato negociador para ampliação de acordo Comercial com o Chile.

4. Discussão e relatos sobre temas estratégicos para política comercial brasileira

4.1. Sobretaxa às exportações brasileiras de aço para os EUA, no âmbito da seção 232

O MDIC informou que, juntamente com o Ministério das Relações Exteriores, está envidando esforços para que as exportações brasileiras de aço e alumínio para os Estados Unidos sejam excluídas da recém decisão do Governo americano de aplicar tarifa de importação de 25% para aço e 10% para alumínio. Mencionou ainda que o governo americano sinalizou que a decisão final sobre tema, que originalmente seria tomada até o fim do mês, seria prorrogada por mais um mês. Informou ainda que empresas americanas importadoras de insumos do Brasil podem pedir exclusão de produtos específicos e que o governo tem auxiliado exportadores brasileiros neste processo. 

4.3. Alegações sanitárias relacionadas às exportações brasileiras de carne de frango para a União Europeia

O Conselho de Ministros aprovou o início dos trabalhos e estudos jurídicos sobre a viabilidade de abertura de um caso na Organização Mundial de Comércio.

4.4. Acordo de Associação Birregional Mercosul- União Europeia

O MRE informou que os trabalhos estão intensos e que, ao fim da atual rodada, que está acontecendo em Bruxelas esta semana (23 a 27 de Abril), será possível ter clareza sobre a possibilidade de se chegar a um acordo político ainda neste semestre.

5. Criação do grupo de trabalho sobre harmonização do Agronegócio Brasileiro

O Conselho de Ministros aprovou a criação de um Grupo de Trabalho para discutir questões de competividade do setor agrícola brasileiro em relação aos parceiros do Mercosul. Num primeiro momento, o Grupo se encarregará de avaliar a questão da diferença de preços relacionada a insumos para a produção agrícola no País. O grupo terá 90 dias para apresentar suas conclusões.

6. Ex-tarifários: pedido de reconsideração apresentado pela empresa Bizerra do Brasil Ltda

O Conselho de Ministros aprovou o indeferimento do pedido de reconsideração apresentado pela Empresa Bizerra do Brasil LTDA.

registrado em:
Fim do conteúdo da página